15/04/2019

A equipa do Google Chrome está a trabalhar em novos meios que ajudarão os utilizadores a evitar downloads perigosos.

Numa curta mensagem na W3C, explicam que a prioridade serão os ficheiros mais usados por hackers para a instalação de malwares, como ficheiro compactados (.rar, .zip, etc), executáveis ​​(.exe, .dmg), extensões (.crx) , entre outros.

Haverá também uma avaliação de contexto de navegação que determinará se a mesma irá terminar em downloads inseguros, por exemplo, alguns websites aparentam ser confiáveis ​​porque as opções de download são apresentadas em sites que usam HTTPS, mas na realidade o processo inicia-se em HTTP (inseguro).

A menos que o utilizador tenha algum conhecimento e opte explicitamente pela adoção de medidas extra para se sentir seguro com o processo de download - como a verificação do código-fonte - não há como evitar esses perigos. O Google Chrome combinará todos esses fatores para detetar um processo de download inseguro e ativar dinâmicas que impeçam os utilizadores de serem afetados.

Quando estes mecanismos estiverem disponíveis, é provável que o utilizador venha a ser alertado por via de algum tipo de notificação ou alerta para tomar uma decisão assertiva quanto ao download. É também de esperar que essa configuração permaneça ativa e que sejam disponibilizados meios para reverter a ação. Segundo informação disponibilizada a equipa de trabalho da google vai estar focada apenas na versão desktop do Chrome, já que a versão para Android conta com recursos de proteção.

Este projeto encontra-se ainda numa fase inicial, esta equipa está a convidar ativamente outros fabricantes de software a participar na iniciativa, a compartilhar ideias e testar dinâmicas que contribuam para uma solução prática, sem afetar a experiência do utilizador.

Se ainda não tem o seu site seguro, prepare-se hoje mesmo. Saiba que se trata de um procedimento simples: contacte-nos

 

ver mais

divulgação
foto de OFERTA - Manual introdução Arduino

OFERTA - Manual introdução Arduino

28/03/2019 consultar

notícia
foto de Novo website Monpart Aveiro Consulting

Novo website Monpart Aveiro Consulting

13/02/2019 consultar

opinião
foto de Mobile Friendly

Mobile Friendly

07/02/2019 consultar